Senado homenageia Rotary International em sessão especial

Sessão especial lembrou a história dos 111 anos da organização e dos seus serviços pela humanidade.

imagem_materia

O Senado realizou sessão especial para homenagear o Rotary Club International pelo seu aniversário de 111 anos. O Rotary  é uma das maiores organizações sociais e filantrópicas do mundo. A sessão também serviu para marcar o centenário da Fundação Rotária, braço financeiro da instituição, que será comemorado no ano que vem.

O autor do requerimento solicitando a sessão especial foi o senador José Serra (PSDB-SP). Ele explicou que o Rotary busca estimular líderes comunitários, homens de negócios e profissionais a ele filiados a empreender serviços à sociedade, além de incentivar o comportamento ético entre seus associados e nas suas relações profissionais e de negócios.

O diretor do Rotary International no Brasil, José Ubiracy Silva, discursou na sessão. Ele afirmou que os associados do Rotary trabalham com disposição dos projetos organizados pela instituição porque “servir a humanidade é a melhor obra de uma vida”.

– Trabalhamos com o propósito de melhorar a condição de vida da população que nos cerca. A paz somente será possível quando as pessoas estiverem educadas, saudáveis e bem alimentadas. Sabemos a dimensão da mudança a que nos propomos e somos todos voluntários. Queremos ser úteis – disse.

Silva aludiu ao principal projeto conduzido pelo Rotary, o PolioPlus, esforço pela erradicação da poliomielite (paralisia infantil), que existe há 31 anos e contribuiu para extinguir a forma endêmica da doença em praticamente todo o mundo. Segundo o diretor, o Rotary brasileiro está disposto a colaborar de forma semelhante com as autoridades brasileiras para combater a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, da zika e da chicungunha.

O Rotary International está presente em 219 países, na forma de clubes que se organizam em 540 distritos regionais. O Brasil tem 38 distritos. Vera Lúcia Camilo Ribeiro, governadora do distrito que abrange Distrito Federal, Goiás e Tocantins, também falou na sessão. Ela lembrou que a instituição é a única organização não-governamental (ONG) do mundo com cadeira na ONU, onde atua como observadora.

– Não é à toa que estamos fazendo 111 anos. É porque temos grandes trabalhos prestados, planejamento, seriedade. Trabalhamos para o bem da comunidade e do mundo e fazemos uma grande diferença.

Fundação

Mário César Martins de Camargo, representante brasileiro na curadoria da Fundação Rotária, falou sobre o trabalho desse ramo da instituição. Ele explicou que a fundação recebe doações de associados de todo o mundo e investimentos atraídos pelo Rotary, e usa esse dinheiro para financiar projetos e campanhas de erradicação de doenças, treinamento de professores, fomento ao empreendedorismo, ajuda humanitária e outros.

– Não medimos esforços. Tiramos do nosso próprio bolso e conseguimos convencer governos e fundações particulares a decuplicar o que nós investimos ao longo de nossa trajetória. Não conhecemos fronteiras. Nosso campo de trabalho é o mundo inteiro.

Apesar de a Fundação Rotária não estar entre as maiores do mundo em termos de quantidade de capital, Camargo garantiu que a instituição possui um ativo “que ninguém mais tem”, que é a rede global de 1,2 milhão de associados, “combatentes que conhecem as suas comunidades”.

Parte do discurso do curador foi dirigido aos associados brasileiros. Ele relatou que a fundação não recebe muitos projetos oriundos do Brasil em busca de financiamento, e alertou que isso faz com que o dinheiro arrecadado aqui acabe revertido em benefício de outros países. Camargo pediu aos diretores e presidentes regionais dos clubes Rotary que trabalhem para multiplicar as iniciativas brasileiras.

Outro curador da Fundação Rotária, o americano Michael McGovern, também discursou. Ele ressaltou que as conquistas do Rotary são resultado principalmente da disposição dos associados e agradeceu o reconhecimento prestado pelo Senado.

Senadores

O senador José Serra, idealizador da sessão especial, prestou homenagem aos rotarianos presentes e destacou o fato de que o Rotary é “campeão mundial” de investimento em capital social e em número de voluntários. Ele afirmou que, quando foi ministro da Saúde (1998-2002), o Rotary foi um dos maiores parceiros em ações conjuntas.

O senador Cristovam Buarque (PPS-DF) disse que o Rotary promove uma “globalização do bem”, que é inclusive anterior ao fenômeno da globalização econômica. Ele pediu auxílio da instituição no combate ao analfabetismo e elogiou a disposição dos associados em todos os projetos com que se envolvem.

– Nos dá orgulho saber que pessoas que não são políticas, não são de governos, que apenas são parte da humanidade, lutam para erradicar o sofrimento – elogiou.

O senador Hélio José (PMB-DF) salientou que o modelo rotariano de governança e de captação de recursos é “reconhecido mundialmente”, e se disse emocionado pelo fato de que os associados realizam todos os seus projetos sem nunca perderem o espírito de amizade entre si.

– A história da organização é inspiradora aos brasileiros nestes tempos de crise, porque ilustra a força das pessoas quando se unem por uma boa causa. O Rotary tem um legado moral muito importante, movido pela força da solidariedade e pela fé no progresso humano – observou.

História

O Rotary International foi fundado em 1905, na cidade de Chicago (Estados Unidos), por um grupo de amigos liderado pelo advogado Paul Harris. A intenção do grupo era promover encontros sociais entre profissionais e unir esforços para realizar projetos de melhoria da comunidade. A ideia se expandiu para outras cidades, países e continentes.

A Fundação Rotária foi concebida e criada em 1917 para constituir um fundo concentrado de captação de recursos a serem utilizados em projetos de alcance global. Desde então, ela já recebeu mais de US$ 1 bilhão em doações e contribuições ao longo de sua história.

Por: Oswaldo Segamarchi Filho

Comissão de Imagem Pública  RCM

Conferência Distrital na cidade de Águas de São Pedro

Conferência na cidade de Águas de São Pedro definida.

conferencia

Está definida a programação da Conferência do Distrito 4510 do Rotary International, que acontecerá no período de 19 a 22 de maio, na cidade de Águas de São Pedro, quando centenas de rotarianos participarão da 59ª edição do maior e mais importante evento rotário do centro oeste paulista. “Programamos um evento que agradará a todos, e fizemos tudo com muito cuidado”, disse o Governador do D4510 do RI, o publicitário, Gesner Dias Júnior, associado do Rotary Club de Presidente Prudente. “Inclusive o encontros com as senhoras de rotarianos que acontecerá dia 20, das 17 as 19 horas”, anunciou o dirigente ao confirmar todas as atividades nas dependências do luxuoso Grande Hotel São Pedro.

Além dos assuntos rotários obrigatórios, um grupo de expositores foi convidado para motivar, informar e orientar os participantes do evento que reunirá centenas de rotarianos dos 68 clubes rotários distribuídos pelas 39 cidades do interior paulista. Foram convidados e participarão do evento: Senador Aloysio Nunes, que se apresenta na sexta-feira, dia 20, pela manhã; Alexandre Prates, com palestra motivacional, na sexta-feira, dia 20, no período da tarde; César Scherer, Coordenador de Desenvolvimento do Rotary, no sábado, dia 21, pela manhã e Joseval Peixoto, jornalista, que trabalha na Rádio Jovem Pan e no SBT, no sábado, dia 21, pela manhã. “Tenho a absoluta certeza de que quem participar da conferência irá gostar do conteúdo e das surpresas programadas”, comentou Gesner Dias Júnior, que acredita na presença de mais de mil rotarianos nos três dias de evento programado.

O apresentador do Jornal do SBT e da Rádio Jovem Pan, Joseval Peixoto, participará da conferência distrital do Rotary
O apresentador do Jornal do SBT e da Rádio Jovem Pan, Joseval Peixoto, participará da conferência distrital do Rotary

Com o nome de: “A Conferência da Família, um presente para o Mundo”, os clubes rotários da região terão oportunidade de mostrar alguns trabalhos que estão sendo realizados, bem como outros clubes serão homenageados por conseguirem atingir as metas estabelecidas, enquanto que outros participarão através do desenvolvimento de alguns dos programas rotários e da Fundação Rotária. “A conferência será uma mescla de homenagens, de reconhecimento, de exposição de trabalho, de informação e mais do que tudo: de celebração”, frisou Gesner Dias Júnior que vem divulgando a programação do encontro entre os rotarianos e nos clubes que tem visitado. “O evento é feito para os rotarianos, portanto, são eles os principais personagens da conferência e são fundamentais para o sucesso deste encontro rotário”, comentou o dirigente regional.

As inscrições podem e devem ser feitas, segundo o governador rotário, através do site distrital, pelo endereço eletrônico: www.rotary4510.org.br, através do banner específico sobre a conferência distrital. “Desta maneira será possível ter uma previsão de participantes e preparar a recepção de acordo com o número inscrito”, comentou Gesner Dias Júnior que centralizou todas as atividades desde o dia primeiro de maio, exclusivamente para cuidar da organização da conferência distrital. “Inclusive no site existem dicas e orientações de hospedagem, refeições e demais atividades, bem como toda a programação do evento rotário”, falou o dirigente ao enviar aos clubes o programa, para que seja compartilhado com os demais associados e que possam se programar para estarem no evento.

 

Fonte: www.eficaz.jor.br

Por: Adhemar Barricelli Junior

Sócio Honorário do RCM

“O tempo conspira a favor da nossa organização”

 

www

1 – … que nossa área e atuação está concentrada nas comunidades, principalmente as carentes que habitam o entorno dos nossos Clubes de Rotary. Situam-se em pequenas cidades, muitas delas desprovidas das condições mínimas de sobrevivência, não apenas no Brasil, mas em países vizinhos da América Latina.

 2 – … que é com este sentimento que manifesto minha preocupação pelo fato de evidenciar que o nosso potencial de servir não está sendo devidamente explorado. Para uma avaliação aprofundada desse cenário desafiador, estamos convocando todos os nossos governadores 2015-16 em São Paulo dias 15 e16/02/16.

3 – … que com esse mesmo objetivo, reuni-me com o Colégio de Diretores, em um encontro bastante produtivo. Também mantive reunião com nossos coordenadores para analisar vários problemas, e constatar. em um nível de freqüência comprometedor na maioria dos clubes. Isso aliado à falta de motivação para o trabalho que compete aos rotarianos, realizar com mais afinco e entusiasmo, o que não vem acontecendo.

psa_water

4 – … que as carências humanas são muitas, as precárias condições da saúde pública, a falta de alimentação básica, o desamparo das crianças e idosos, muitas delas entregues à própria sorte. É nesse cenário desafiador que o Rotary precisa atuar para que possamos demonstrar a nossa fraternidade e o nosso apoio, levando um pouco de bem-estar a essas parcelas carentes da humanidade.

5 – … que no momento, ocorrências de alta relevância leva-nos a chamar a atenção de todos os clubes e distritos para ações sociais que precisam ser tomadas em caráter de emergência. Precisamos acompanhar e atuar de perto sobre os efeitos perniciosos do mosquito Aedes aegypti, que se expande e transmite doenças graves como a dengue, chikungunya e esta última responsável pela microcefalia em milhares de crianças brasileiras.

rotary-international-ppt-presentation-1-728

6 – … que outro grande problema de cunho social requer nossa participação. É urgente a presença do Rotary para amenizar os efeitos da maior catástrofe ambiental do Brasil, ocorrida na cidade mineira de Mariana, e seus reflexos em suas comunidades carentes desassistidas. Há um campo vasto para ações para ações de nossos clubes

7 – … que finalmente, uma notícia relevante: o presidente da Associação Brasileira dos Portadores de Hepatite, o médico e rotariano Humberto Silva, estará em São Paulo, no dia 15/ 02/16 para apresentar aos governadores distritais a campanha mundial Hepatite Zero, uma iniciativa de grande impacto no campo da saúde. O doutor Humberto estará na Conferência Presidencial em Cannes, na França, no dia 19/02/16, ao lado do governador distrital Nadir Zacarias, fazendo a mesma apresentação.

8 – … que ele pretende disponibilizar a doação de um milhão de Kits a serem usados para detectar a hepatite C. Será mais uma forma de o Rotary marcar presença e se envolver, em nível mais abrangente.

rotary-international2

Conclusão :

Companheiros, esta Instrução Rotária “Fatiada”, é extraída da Brasil Rotário de dezembro de 2015, e reproduz a preocupação clara e eloqüente da direção internacional do Rotary com o seu futuro.

Pode-se considerar um apelo aos atuais rotarianos para que promovam ações que projetem o “Rotary do Futuro”, utilizando a Imagem Pùblica que mostra o que o “Rotary é e faz”.

Esta Comissão adotou a prática de distribuir a Brasil Rotário, já faz um bom tempo, às Universidades, Colégios,  Consultórios, Cafés e outros pontos onde as pessoas se reúnem. Através da carta em anexo, fazemos pessoalmente a entrega e quando possível comentamos alguma matéria.

 

“Os fatos apontam um novo olhar dos distritos e clubes no uso das mídias sociais”.

(Vera C. Bertagnoli), Coordenadora da Imagem Pública do Rotary para a Zona 22B.

“Estamos diante de um cenário desafiador”-

José Ubiracy – Diretor Internacional de RI

Por:

Oswaldo Segamarchi Filho

Comissão de Imagem Pública – 2015-2016

Rotary e a imunização – Instrução Rotária

polio_560.8.10.13
“Cabe aos rotarianos de todos os recantos do país ajudar a imunizar pessoas contra doenças, sobretudo contagiosas. (José Ubiracy –Diretor –RI)”.

Você sabia que?

1 – … São assombrosas as estatísticas mundiais relativas ao número de pessoas que sofrem de doenças tropicais que não são tratadas, como dengue, hanseníase, para citar apenas essas duas. Por ano, este número se eleva a mais de um bilhão de pessoas.

2 – … Claro que nesse número se incluem populações brasileiras. Cabe aos rotarianos de todos os recantos do país ajudar a imunizar pessoas contra doenças, sobretudo contagiosas. Recomenda-se dar apoio a programas de saúde, desenvolvidos em comunidades carentes, que expliquem como as doenças são transmitidas e divulguem meios de reduzir os risco de contágio.

3 – … Envolvam-se com rotarianos que tenham experiência em medicina ou saúde pública. Comuniquem-se com hospitais, clinicas, universidade e secretarias de saúde da região para evitar duplicação de esforços e aproveitar ao máximo os recursos locais. Recrutem membros da comunidade e voluntários da área de saúde para fortalecer e expandir os serviços existentes.

4 – … As estatísticas mostram que o mundo precisa de mais 2,4 milhões de médicos, enfermeiras, parteiras e outros profissionais de saúde. Enquanto isso, 57 países contam com menos de 23 agentes de saúde para cada 10 mil pessoas. Uma em cada 100 pessoas não têm condições de pagar por um atendimento médico. Cem milhões de pessoas acabam na miséria anualmente por causa der despesas médicas.

5 – … Espera-se que rotarianos forneçam apoio de longo prazo para postos de saúde. Formem parcerias com sistemas globais de saúde para ampliar o acesso e equipamentos, instalações e programas de saúde. Ampliem e melhorem o acesso a atendimento médico gratuito ou de baixo custo em regiões carentes.

6 – … Ajudem a imunizar pessoas contra doenças contagiosas. Patrocinem treinamentos educação continuada para funcionários da área da saúde por meio de bolsas de estudos, ajuda de custo e reconhecimento público. Trabalhem em Postos de Saúde no desenvolvimento de programas que atraiam profissionais de diferentes áreas médicas.

7 – … A falta de trabalhadores com experiências em determinadas áreas, sobrecarrega os outros profissionais e limita os serviços oferecidos. Para aumentar os índices de retenção, certifiquem-se que os locais de treinamento sejam da mesma cidade em que os funcionários moram e trabalham.

8 – … Todas as medidas de apoio envolvem cuidados médicos com crianças. Entrem em ação e criem ou apoiem programas que fornecem vacinas e antibióticos. Sarampo, Malária, pneumonia, Aids e diarréia são as principais causas de morte menores de cinco anos.

9 – … Todo ano, 6,3 milhões de crianças abaixo de idade morrem no mundo do em decorrência de má nutrição, assistência médica precária e instalações sanitárias inadequadas. Façam projetos relacionados a saneamento, água e higiene para melhorar a saúde das crianças. Promovam a boa nutrição, incentivando a amamentação.

10-… Vejam companheiros, o alto grau de preocupação do Diretor do Rotary Internacional, José Ubiracy, conclamando, ou melhor convocando os rotarianos para um trabalho sério em prol da saúde da população, prevenindo-a da ocorrência “morte” da fonte primária, do seu desenvolvimento e a perpetuação da espécie humana: A CRIANÇA !!!!!

destaquecapa3

 

Por:

Oswaldo Segamarchi Filho

Comissão de Imagem Pública – 2015-16

Dia da Educação – 18 de Abril

“ Para a educação melhorar, todos devem participar”

diaeduca[1]

O que é a Mobilização Social pela Educação?

É o chamado do Ministério da Educação (MEC) à sociedade para o trabalho de mobilização das famílias e comunidades pela melhoria da qualidade da educação e pela garantia do direito de aprender a todos os brasileiros.

A Mobilização é pautada pelas ações previstas no Plano de Mobilização Social pela Educação do MEC, que oferece orientação e incentivo a lideranças sociais, gestores da educação pública, profissionais da educação e representantes de segmentos organizados, entre outros, para a realização de ações norteadas pelo diálogo com as famílias a respeito da importância da educação e do acompanhamento, por parte dos pais, na vida escolar dos filhos.

Se você tem interesse em fazer parte da Mobilização Social pela Educação, entre em contato com a equipe do MEC: mobilizacaosocial@mec.gov.br.

Saiba mais sobre o Plano de Mobilização Social pela Educação e sua implementação.

Acesse o documento do Plano de Mobilização Social pela Educação.

 

Educação como valor social

Uma sociedade se torna uma nação quando é capaz de responder aos desafios postos pela história. No caso da educação, uma das grandes tarefas da democracia é fazer desse serviço um bem público, entendendo-se que somente quando for oferecida com a mesma qualidade em qualquer escola do País será possível dizer que nessa sociedade existe educação pública.

Quando a sociedade incorporar a educação como valor social e se mobilizar para que todos e cada um dos brasileiros tenham educação de qualidade será possível responder a esses desafios. Essa é a razão para o chamado feito pelo MEC aos diversos segmentos sociais para que participem do esforço pela implementação do Plano Nacional de Educação (PNE) em prol da melhoria da educação brasileira.

 

Foco da Mobilização

  • Famílias: pais, mães e responsáveis por alunos das escolas públicas da educação básica • Conselhos Escolares
  • Escolas: diretores, professores, coordenadores, demais profissionais

 

Prioridades para a Mobilização

  • Comunidades no entorno de escolas com os mais baixos Ideb • Municípios considerados prioritários pelos seu baixo Ideb e periferias das capitais e grandes cidades

 

Lógica da Mobilização

  • Atividades: resultados da leitura das diretrizes do Plano de Mobilização Social pela Educação • Atores-chave: lideranças dos diversos segmentos sociais e voluntários (mobilizadores) • Público a ser mobilizado:

– famílias e comunidade

– escolas e conselhos escolares

– órgãos de controle e proteção à criança e ao adolescente

Nova Imagem

Estratégia da Mobilização

  • Abertura de novas frentes
  • Capacitação de mobilizadores em oficinas e definição de Planos de Ação
  • Capacitação de Multiplicadores para formação de novos mobilizadores locais
  • Lançamentos do Plano de Mobilização
  • Criação de Comitês de Mobilização
  • Monitoramento das ações planejadas
  • Divulgação e disseminação das ações realizadas
  • Formação da rede de mobilizadores

Instrumentos da Mobilização

  • Plano de Mobilização
  • Manual
  • Oficinas
  • Cartilhas, panfletos e cartazes
  • Indicadores de monitoramento das atividades

 

Este é um trabalho que o companheiro Wilson, hoje Governador Distrital, vem desenvolvendo no Distrito há um bom tempo.

 

Por:

Oswaldo Segamarchi Filho

Comissão de Imagem Pública 2015-2016

 

 

 

 

Rotary Marília levou ovos de Páscoa a três instituições de atendimento social

Rotary Marília comemora a a Páscoa junta a instituições sociais.

IMG-20160331-WA0041

O Rotary Clube Marília, o mais tradicional da cidade, promoveu uma ação especial de Páscoa para levar ovos de chocolates a adultos em tratamento contra dependência química, além de crianças atendidas em programa social na zona norte da cidade.

IMG-20160331-WA0033

Mais que a doação dos chocolates, a entrega é mais uma ação em relacionamento do clube com três instituições de atendimento em Marília, o Projeto Amanhecer, o Vida Nova e a Comunidade Boas Novas.

IMG-20160331-WA0040

O primeiro, criado em 2013, atua em sistema comunitário sem fins lucrativos no distrito de Padre Nóbrega. Além dos programas de controle de dependência, o projeto oferece série de atividades em uma chácara.

IMG-20160331-WA0038
O projeto Vida Nova também foi criado recentemente com suporte da Paróquia de São bento para reuniões semanais e programas de acompanhamento e orientação.

IMG-20160331-WA0035IMG-20160331-WA0034

Já a Comunidade Boas Novas, que mantém relação mais antiga com o Rotary Marília, desde 2011, atende crianças com diferentes linhas de atividade.

IMG-20160331-WA0036

IMG-20160331-WA0039

Por:

Evandro Noda

Presidente do RCM 2015-2016

Liderança Motivacional

Liderança Motivacional

IMG-20160331-WA0028

Aconteceu no dia 29 de março de 2016, na sede do Rotary Club de Marília importante palestra do Professor Daniel Costa Simões que é ‎Coordenador do Curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio na ETEC Antônio Devisate.

IMG-20160331-WA0032

IMG-20160331-WA0031

IMG-20160331-WA0029

IMG-20160331-WA0030

Por:

Evandro Zaha Noda

Presidente do Rotary Club de Marília 2015-2016

Homenagem ao Companheiro Dr. Hilário Maldonado

“O reconhecimento é o maior tributo que perpetua uma pessoa e sua imagem”

hilario

 

Essa foi a trajetória trilhada pelo companheiro Dr. Hilário Maldonado que sempre utilizou o primeiro Lema do Rotary International: “Dar de Si Antes de Pensar em Si” e por ele inspirado, chegando ao atual: “Seja um Presente para o Mundo”!

A notícia na imprensa, dando conta que há na Câmara Municipal de Marília há o Projeto do edil Luiz Nardi, para homenagear o médico Hilário Maldonado está em pauta, nos enche de orgulho ao saber que o Poder Legislativo local, teve a lembrança de homenagear o nosso saudoso companheiro Dr. Hilário Maldonado (In Memoriam), inaugurando, em data próxima, a Unidade de Saúde da Família – USF do bairro Santa Antonieta, sendo que estará ornando a “Placa de Identificação” da obra o nome do” Dr. Hilário Maldonado”.

Orgulha-nos, sobremaneira, por ser nesse bairro onde também os Rotary Clubs de Marília edificaram a “Vila Rotária”, em área doada pela Prefeitura Municipal, acomodando vinte e duas (22) famílias carentes, oportunizando o alcance da cidadania e de uma vida digna.

materia

Por oportuno, há que se destacar também a implantação do “Curso Rotary de Computação” na Associação Comunitária Boas Novas, pelo Rotary Club de Marília em parceria com a FATEC, oferecendo à população a inserção na era da informática. Sabemos também que essa não é a primeira homenagem ao médico Dr. Hilário, pois, já foi distinguido com a outorga do honroso Titulo de Cidadão Mariliense, que nos orgulha muito por sabemos valorizar esse feito, vez que também nos foi outorgada idêntica honraria nos idos de 1993.

Sempre preocupado com o bom desempenho do clube na comunidade, apoiou a criação do “Colegiado de Ex-Presidentes”, tendo sido seu 1º Presidente, cumprindo e fazendo cumprir as normas contidas no Regimento, elaborado que foi pelos companheiros: Wilson H. Yamashiro, Luiz Antonio Repette e este signatário, com o único objetivo de colaborar com os presidentes entrantes. Infelizmente, com o seu desaparecimento, fomos obrigado a também sepultar tão importante projeto criado pelo clube, prestes a comemorar 80 anos de atividade.

Por:

Oswaldo Segamarchi Filho

Comissão de Imagem Pública 2015-2016

Aniversário de Paul Harris

Dia 19 de abril, dia de reverenciar essa figura que enobrece a humanidade!

2013-0504-Paul-Harris-Dinner

Paul Percy Harris (Racine, Wisconsin, 19 de abril de 1868 — Chicago, Illinois 27 de janeiro de 1947) foi um advogado estadunidense, fundador do primeiro Rotary Club e primeiro presidente do Rotary International.

Filho de pais de vida pouco regrada, Paul Percy Harris foi criado por seus avós paternos, Harold e Pamela. Criança e jovem travesso, era o terror da pacata cidade de Wallingford, Vermont e acabou expulso de duas escolas superiores.

Paul Harris, casou-se com Jean Thomson, natural de Edimburgo, Escócia, em 1910. O casal não teve filhos e permaneceram casados até o falecimento de Paul. Jean faleceu em 1963, em sua cidade natal

Entretanto, a austeridade, a compreensão, a bondade e a tolerância de seus avós, bem como a confiança que seu primeiro patrão nele depositou, pesaram em muito na mudança de comportamento daquele que fundou e desenvolveu o que se tornaria maior entidade particular de serviço social do mundo. Em 1891, formou-se em Direito e decidiu passar os cinco anos seguintes conhecendo os Estados Unidos. Trabalhou como repórter, cowboy, professor na Los Angeles School of Business, porteiro de hotel, vendedor de granito e marinheiro. Em 1896, estabeleceu-se em Chicago e em pouco tempo tornou-se um advogado conhecido.

Uma noite Paul Harris, foi jantar com um colega do escritório, e de uma caminhada que fizeram após o jantar surgiu a ideia do que se tornaria o Rotary.

Naquele passeio seu amigo parou em vários estabelecimentos comerciais para cumprimentar os proprietários e lhes apresentar Paul. O fato de que os clientes de seu anfitrião haviam se transformado em amigos entrou na mente de Paul Harris e nunca mais saiu. O Rotary foi criado cinco anos mais tarde como um clube onde relacionamentos profissionais pudessem ser transformados em amizade . A primeira reunião ocorreu na sala 711 do Edifício Unity, em Chicago, composta dos quatro fundadores: Paul Harris, Silvester Schiele, Hiram Shorey e Gustavus Loehr.

Quando criança, Paul Harris estudara em escolas de elite, onde os alunos tinham pouca ou nenhuma preocupação com dinheiro. Mas ao cursar de direito no estado de Iowa conheceu colegas mais velhos que haviam trabalhado duro para poder pagar seus estudos. Possivelmente, este contato impressionou Paul Harris pois os primeiros Rotary Clubes eram formados por homens de negócio que conquistaram o que tinham por seu próprio esforço, os self-made men.

Paul Harris também é o nome dado ao título de conhecimento mais importante concedido pelo Rotary International.

Após a fundação do primeiro Rotary Club em Chicago, o advogado tornou-se, marido exemplar, cidadão do mundo, conheceu os cinco continentes, recebeu honrarias de reis e presidentes e tornou seu nome sinônimo do que de mais valor herdara de seu avô: a tolerância.

Pelo importante contributo em matéria de prestação de serviços humanitários, e ajuda no estabelecimento da paz e da boa vontade no mundo, a Câmara Municipal de Lisboa homenageou Paul Harris, um dos fundadores do Rotary, atribuindo o nome deste a um arruamento de Lisboa, na freguesia de São Domingos de Benfica

 

Fonte: Rotary International

Colaboração: Adhemar Barricelli Jr – Sócio Honorário do RCM

 

Por:

Oswaldo Segamarchi Filho

Comissão de Imagem Pública 2015-2016

Club de Marilia Instrução Rotária “Fatiada” – 19/04/2016

Homenagens e Instruções

Intróito: I

No Boletim Informativo do Rotary Club Marilia – Leste, VI/16, além de publicações que realçam as atividades e realizações de projetos preconizados pelo RI, vê-se o histórico da vida do companheiro Domingos Viggiani, (In Memoriam), onde ressalta a Homenagem que o Rotary Club de Marília, por sua Comissão de Imagem Pública-2015-16, prestou ao insigne rotariano que figura na “Galeria de Sócio Honorário” do clube.

160514032730_2622_grd_

Intróito: II

Em atenção à solicitação de companheiros, reproduziremos matéria de interesse de todos intitulada:

“Como acabar com um clube”.

Lema-2016-17

(1) Não participe de qualquer de atividade realizada pelo clube;

2) Não freqüente o clube, mas quando comparecer à sede procure algo para reclamar;

(3) Se comparecer a qualquer atividade, encontre apenas falhas no trabalho dos outros;

4) Nunca aceite uma atividade, lembre-se que mais fácil criticar do que receber as críticas da realização;

(5) Se a diretoria pedir sua opinião, responda que não tem opinião formada, e depois espalhe como as coisas deveriam ser;

(6) Não faça nada além do inevitável, e quando os diretores e colaboradores estiverem trabalhando, afirme que seu clube está dominado por uma panelinha;

7) Não leia os informativos e correspondências do clube, mas afirme sempre que elas não trazem nada de interessante, ou melhor, ainda, diga que não os recebe e que se sente excluído do grupo;

(oito) Se for convidado para qualquer cargo, recuse, alegue falta de tempo, e depois critique tudo o que for feito pela “turminha” que só quer ficar no poder;

9 – Quando tiver divergência com a diretoria, procure vingar-se no clube;

10) Sugira, insista e cobre realizações de festas e eventos e quando acontecerem, não ajude, não compareça para depois ficar espalhando que seu clube não tem prestígio porque ninguém foi e se teve gente na festa, espalhe que a diretoria está ficando rica com a festa;

11) Se receber pedidos de sugestões ou colaborações, não responda, e se a diretoria não adivinhar suas idéias, critique e diga a todos que você foi ignorado;

12) Procure saber todas as burradas feitas pelos integrantes do seu clube na sede, só para depois espalhar para todo mundo, inclusive para as esposas;

13)Depois de tudo isso, quando cessarem as publicações, as atividades pararem, as instalações estiverem desmoronando, seu clube não ser visto lugar algum e todos se afastarem, enfim, quando seu clube morrer, desfrute o feito, e afirme orgulhoso: EU NÃO DISSE?     (Autor desconhecido)

 

Por:

Oswaldo Segamarchi Filho

Comissão de Imagem Pública 2016-2016

Slideshow

Lema Rotário 2015-2016

Lema Rotário 2015-2016

→ Reuniões Semanais

Terças-feiras ás 20:00h

Local: Sede Rotary Club de Marília
Endereço: Av. Brigadeiro Eduardo Gomes, 3255

Contador de Visitas